Want to keep in the loop on the latest happenings at Beit Lubavitch Rio De Janeiro. Subscribe to our mailing list below. We'll send you information that is fresh, relevant, and important to you and our local community.
Impresso de BeitLubavitchRio.org

Reflexão

Meditação sobre um Abraço

 

Meditação sobre um Abraço

Casamento no Monte Sinai

Tzvi Freeman

O Êxodo foi um romance, o Monte Sinai foi um casamento — um casamento dos Filhos de Israel e do D'us que os resgatou do Egito, de um ser criado e seu Criador, da terra e do céu, do corpo e da alma, ser e não-ser.

O casamento é uma história em três partes, cada parte um momento eterno.

Primeiro, os dois devem se apaixonar.

Não um amor racional — não, isso não vai fazer acontecer. Eles devem ser loucos um pelo outro. Obcecados. Eles devem sentir que não podem viver um sem o outro, como se sua… Read More »

O Homem que o Rei David Levou para o Tribunal

 

O Homem que o Rei David Levou para o Tribunal

Elchonon Isaacs

Na cidade Okop, o berço do Baal Shem Tov, vivia um homem rico chamado Yoel. Ele era um homem temente a D'us, um profundo estudioso da Torá e muito meticuloso no cumprimento das mitsvot.

Certo dia, ele foi tomado por um desejo de cumprir o mandamento de escrever um pergaminho da Torá. Ele não poupou nenhuma despesa, para que sua Torá fosse a melhor das melhores. Ele comprou ovelhas, matou-as e distribuiu a carne aos pobres. As peles foram transformadas em pergaminho que foi usado especialmente para esta Torá.

Yoel contratou um escriba bem conceituado, que era conhecido tanto por ser temente a D'us, como por ser experiente e… Read More »

A Imaginação Cronológica

 

A Imaginação Cronológica

Rabino Jonathan Sacks

 

Quero, neste estudo, olhar para uma das características mais distintivas e menos compreendidas do Judaísmo — a imaginação cronológica.

O mundo moderno foi moldado por quatro revoluções: a inglesa, a americana, a francesa e a russa. Duas delas — a inglesa e a americana — foram inspiradas na Bíblia Hebraica, que nos séculos XVI e XVII, por causa da Reforma e da invenção da impressão, se tornou amplamente disponível pela primeira vez. As revoluções francesa e russa… Read More »

Kadish no deserto do Cazaquistão

 

Kadish no deserto do Cazaquistão

Robert Metnick

 

Era o ano que precedeu o 11 de setembro, e eu estava servindo no deserto do Cazaquistão como um major na Reserva do Exército dos EUA. Fomos incumbidos de treinar nossos aliados Kazahk, Uzbeque e Quirguizistão para lutar contra um grupo terrorista da Al Qaeda chamado IMU (Movimento Islâmico do Uzbequistão).

Ocorre que era o yahrtzeit do meu pai no dia seguinte, uma sexta-feira. Nunca perdi uma oportunidade de recitar o kadish para qualquer um dos meus pais, nem é preciso dizer que eu estava extremamente perturbado. Eu orei a D'us com toda a minha alma e poder, pedindo um milagre, que me levasse deste deserto para uma sinagoga… Read More »

A Fé como uma Viagem

 

A Fé como uma Viagem

Rabino Jonathan Sacks

Rabino-Chefe Lord Jonathan Sacks   

Em seu relato das festividades do ano judaico, a Parashá desta semana contém a seguinte declaração:

"Você habitará em cabanas cobertas de palha por sete dias. Todos residentes em Israel devem viver em tais cabanas de palha. Isto é para que as gerações futuras saibam que Eu fiz com que os israelitas vivessem em sucot quando os tirei do Egito. Eu sou o Senhor teu D'us".

O que exatamente significava isso foi motivo de discordância entre dois grandes mestres da era Mishnaica, Rabi… Read More »

Se o leite não pode ser recolhido, por que não chorar?


copo-leite-derramado.jpgPor: Naftali Sibelberg

 

Pessach Sheni, "o segundo Pessach," é observado no décimo quarto dia de Iyar. A origem deste semi Yom Tov é muito fascinante. No primeiro aniversário do Êxodo, enquanto todos os judeus estavam ocupados preparando seu cordeiro para a oferta anual de Pessach, Moisés foi abordado por um pequeno grupo de judeus que estavam ritualmente impuros e, portanto, excluídos da oferenda do cordeiro pascal ou de partilhá-lo. Eles não estavam satisfeitos com a sua "isenção" desta mitzvah de Pessach. "Por que deveríamos ser privados?"… Read More »

Procurando postagens antigas? Veja a barra lateral para o Arquivo.